Social Media Optimization # Regra 10: Criar Conteúdo

· PATYMARKETING
Autores

Olá pessoal, tudo jóia? No artigo de hoje vamos dar continuidade a nossa série de SMO, vamos falar hoje de uma das regras mais importantes, porque sem essa regra todas as anteriores e as que virão, não teriam sentido: Criar Conteúdo.

Vamos a Definição da regra criada por Cameron Olthuis:

Criar conteúdo: Existem certos conteúdos que se espalham socialmente de forma natural, não importando de qual nicho você é ou como seus produtos são vendidos, há um tipo de conteúdo que funciona. Talvez fazer as pessoas rirem, escrever artigos ou cases, ou oferecer aplicativo que seja útil. Procure pesquisar que tipo de conteúdo irá funcionar com você.

O livro chamado “Get Content Get clientes”, escrito por Joe Pulizzi e Barrett Newt sobre Marketing de Conteúdo usa a seguinte definição:

 “a arte de compreender exatamente o que eles precisam conhecer os clientes e entregar a mensagem de forma relevante e atraente. Isto não é para empurrar (push), mas sim para atrair (pull) seus clientes, é um método eficaz de publicar conteúdo. É isso aí.”

Com a idade de ouro das redes sociais e o universo 2.0 o conteúdo tornou-se rei.  Através dos canais de mídias sociais as marcas podem criar e transmitir seus próprios  conteúdos, a fim de criar uma relação de confiança com seus stakeholders.

Mas além de criar uma relação direta e estreita com seu público, geração de conteúdo tem outra vantagem que muitas empresas deixam escapar: a capacidade de gerar demanda por seus produtos / serviços. Muitos ainda continuam comprometidos a destinar grande parte de seus recursos ao trabalho comercial (porta fria). Mediante a geração e distribuição de conteúdo, marcas e as empresas podem  obter públicos interessados em seu conteúdo e assim também conseguir que eles fiquem interessados em seus produtos.

Tudo isso é a disciplina de marketing de conteúdo ou content marketing. Aqui você vai encontrar algumas dicas para gerar conteúdo projetado para criar demanda por meio de canais de mídia social.

  • Ouvir. É essencial saber quais são as coisas que motivam o seu público. Escute no Twitter, Facebook, Linkedin ..  o que diz o seu público, que é o que gostam e o que o move à ação.
  • Simplificado. Talvez a proposição de valor do seu negócio é complicado e sua vantagem competitiva exige uma explicação detalhada. No entanto, para captar a atenção do seu público é muitas vezes apropriado ajudá-los a resolver seus problemas através de pequenos artigos sobre os tutoriais do blog ou vídeo. É essencial ser útil a seus clientes potenciais, laços mais estreitos com você através de Social Media.
  • Distribuir o seu conteúdo. Escrever no blog ou criar vídeos e enviá-los para Youtube não é suficiente. Tente ir às conversas que detectou na etapa 1. E não apenas a promoção, o melhor é tentar ser útil, contribuindo para o fluxo natural da conversa.
  • Chegar ao ponto. Fale sobre os benefícios que os clientes potenciais terão com os seus produtos / serviços.Não fale sobre características, fale sobre os benefícios. Incluem CTA (Call To Action) neste momento é altamente recomendado.
  • Construir um funil para o conteúdo. Quando o seu público está interessado em seu conteúdo, pode se dizer que eles já estão interessados em saber mais sobre você. Portanto, é importante que você projete uma estrutura que permita que saibam quem você é como você faz, como uma forma de contato com você. Em muitos casos, a conversão será o foco de seus esforços de marketing de conteúdo, às vezes não. No entanto, é sempre necessário desenhar uma forma simples.

A coisa mais importante é gerar conteúdo credível. Antes que você pense outra coisa é necessário ganhar a confiança de um público. Só assim você pode convencer um cliente que uma determinada marca é melhor para ele.

Outro tipo de conteúdo bastante útil são as dicas e truques. Muitas pessoas dão mais valor para o conteúdo que não se limita apenas a descrever as características de um produto, mas também que lhes mostrar alguns conselhos sobre suas funções.

conteúdo educacional é muito importante. Depois de uma marca tem conquistado a confiança de sua clientela, esta vai querer saber mais sobre seus serviços. Portanto, é aconselhável publicar conteúdo completo com informação atraente sobre a empresa.

Na imagem abaixo vocês podem observar alguns tipos de conteúdos que você pode disponibilizar para os usuários que seguem a sua marca. Cada pessoa gosta de escolher o mais adequado as suas necessidades.

Todos os elementos acima devem ser colocados em seu plano de marketing com um processo bem definido para criação, atualização e curadoria.

Por Bruno de Souza

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: