YouTube pretende cobrar por conteúdo

· PATYMARKETING
Autores

Uma nova fonte de receita para o site

Os anúncios que precedem os vídeos no YouTube podem ser acompanhados por outra fonte de receita. O Google pretende disponibilizar assinaturas pagas para que os usuários visualizem alguns conteúdos específicos. É um passo a mais para tornar o site parecido com uma TV paga.

De acordo com o CEO do Youtube, Salar Kamangar, o site pode passar a dar espaço para conteúdo Premium. Kamangar disse nesta terça-feira, 31, no Dive Into Media do AllThingsD, que colocará fim ao atual modelo, totalmente gratuito.
Por isso, serão realizadas parcerias com produtores de conteúdo e detentores de direitos autorais para exibir vídeos aos usuários que pagarem por uma assinatura mensal.
Em relação ao mercado de vídeos como um todo, inclusive o online e o offline, o CEO citou que 20% da receita é proveniente das vendas e aluguéis, 40% são provenientes da publicidade e os outros 40% vêm de taxas de subscrição. O YouTube é apenas uma parte do bolo.
Com informações do Adrenaline
Redação Adnews 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: