Brasileiro tem mais de 450 mil seguidores no Pinterest

· PATYMARKETING
Autores

Pinterest vem conquistando aos poucos muitos usuários no Brasil. Entre eles, um jovem de 27 anos que pode se considerar o brasileiro mais influente na rede social. Com mais de 450 mil seguidores, Leandro Toledo, morador da cidade do Rio de Janeiro, está no Pinterest desde o ano passado. Professor de inglês, o jovem possui diversos boards (murais) com os mais variados temas: lugares que ele gostaria de visitar, memes, séries de TV, entre outros.

Perfil de Leandro Toledo no Pinterest (Foto: Reprodução)Perfil carioca de Leandro Toledo no Pinterest com mais de 450 mil seguidores (Foto: Reprodução)

Confira o bate-papo que fizemos com o Leandro Toledo e saiba o que ele acha do Pinterest, do fato de os usuários brasileiros nomearem os boards em inglês, de como ele conseguiu angariar tantos seguidores e muito mais.

Além do Pinterest, você está em outras redes sociais? Se sim, qual delas você mais usa atualmente e por que?

Sim, eu gosto bastante de redes sociais, mas não sou um “viciado”. Atualmente, eu uso com mais frequência o Facebook e o Last.fm. O Facebook pelo contato com meus amigos e o Last.fm para manter um registro das músicas/artistas que eu mais ouço, além da possibilidade de descobrir novos artistas. Sou apaixonado por música.

Como você conheceu o Pinterest e quando fez a sua conta na rede social?

Um dia, a minha amiga, Mariana Casals, foi me mostrar algo que estava em um dos boards (murais) dela. Perguntei que site era aquele e como funcionava. Achei a ideia interessante e decidi criar uma conta para mim. Comecei a usar o Pinterest em meados de 2011.

Quanto tempo por dia você passa na rede?

Isso varia bastante. Em média de três a cinco horas, mas não de forma contínua. Eu checo os novos pins e atualizo os meus conforme eu vou descobrindo coisas novas na Internet.

Com quase 485 mil seguidores, sendo a grande maioria de fora do Brasil, conte-nos qual o segredo para tanta gente seguir o seu perfil?

Muita gente me pergunta qual é o segredo e eu acho engraçado porque nem eu mesmo sei! Mas, acredito que postar coisas com as quais as pessoas se identificam, ter uma certa variedade de tópicos e atualizar com frequência são atitudes que ajudam. Eu, pelo menos, faço dessa forma.

Que tipo de board você acredita que faz mais sucesso na rede? Tem algum seu que seus seguidores interajam mais com você?

Há pelo menos três boards que fazem sucesso: “Posters”, onde eu posto citações e infográficos, “Funny”, onde há conteúdos que acho engraçados e “Places I’d like to go” com lugares que pretendo visitar um dia. Meus seguidores tendem a interagir em todos os boards, nos posts com os quais eles realmente se identificam ou quando se lembram de alguém que se encaixe naquela situação.

Aqui no Brasil, o Pinterest vem crescendo aos poucos. A maioria dos usuários brasileiros, como você, nomeiam os boards em inglês. Você acredita que quando a rede tomar uma grande proporção em nosso país, isso pode mudar?

Talvez. Assim como foi com o Orkut e o Facebook, os brasileiros passam a ser grande parte do número de usuários e uso do português aumente. No entanto, como o inglês é a língua mais usada para interação na Internet, creio que muita gente vai preferir nomear os boards em inglês.

Marco Luque, por exemplo, é um brasileiro que usa o Pinterest com boards de seus personagens, notícias, campanhas publicitárias, entrevistas entre outros. Você acha que se promover na rede social foge um pouco do propósito?

Marco Luque, utiliza a rede social para divulgar seus trabalhos (Foto: Reprodução/Pinterest)Marco Luque, utiliza o Pinterest para divulgar seus trabalhos e personagens (Foto: Reprodução/Pinterest)

Inevitavelmente isso é algo que ocorre sempre que uma rede faz sucesso. Eu acredito que quando uma rede social é criada há um propósito inicial, mas são os usuários de fato que acabam ditando que rumos ela terá. O que o Marco Luque faz é um indício do que está por vir.

Algumas pessoas dizem que o Pinterest é uma rede social voltada para mulheres. Qual sua opinião?

Eu discordo. Infelizmente, é uma prática comum as pessoas criarem estereótipos sobre tudo, mesmo sem saber do que se trata. Creio que isso se deva ao fato de haver muitos posts relacionados à moda e culinária, o que atraem mais o público feminino. No entanto, há muitos tópicos que agradam aos homens também. É só o usuário selecionar aqueles de seu interesse.

Alguns sites como o MANteristing, Friendsheet e o Pingram vêm criando layouts parecidos com o Pinterest. Você acha que o sucesso será o mesmo?

Acredito que não. Esses sites não passam de variações ou segmentações do Pinterest. Eu posso criar um board (mural) chamado “Instagram” e postar fotos ou seguir pessoas que postam fotos que são do aplicativo Instagram. Não preciso criar uma conta no Pingram para isso.

O que você acha que o Pinterest tem de melhor e o que poderia mudar?

A melhor coisa do Pinterest é a possibilidade de eu conseguir fazer upload do que acho interessante, ter tudo organizado por categorias e poder acessar meus boards de qualquer lugar. O compartilhamento de fotos é bastante interessante também, pois possibilita uma troca de conhecimento muito produtiva. Falta melhorar a interação do usuário com ajuda de aplicativos para celulares e para PC também.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: