Nova rede social pode se tornar um “Twitter pago”

· PATYMARKETING
Autores

Permitir que seus usuários cobrem pelo conteúdo produzido para a rede social é o diferencial do Pheeds. Criado por um grupo de californianos, o site foi liberado nas últimas semanas para o grande público. Nele é possível publicar mensagens curtas com até 420 caracteres, postar fotos, vídeos, notas de voz, músicas, e fazer broadcasts ao vivo.

Já seguiu o TechTudo no Instagram? Procure nosso perfil: @techtudo_oficial

Pheed4O Pheed é a mais nova rede social da Internet (Foto: Reprodução)

Há diferentes maneiras de publicar conteúdo no Pheeds. Para postar arquivos de áudio, o usuário tem duas opções: fazer o upload de arquivos já existentes ou gravá-los diretamente no site. Para publicar vídeos, há também a opção de “embedar” um link externo, além das anteriores. O site permite o upload de uma foto ou várias, formando um álbum. Ao realizar um broadcast o usuário pode gravá-los para assistir depois ou não. Também é possível compartilhar seus “pheeds” em outras redes sociais.

A timeline do Pheed é bem parecida com a do Twitter. Ao realizar seu cadastro, é possível importar seu avatar e background do Twitter ou do Facebook. A principal diferença entre o Pheed e o microblog, além da maior opção de conteúdos para publicação, é o usuário poder cobrar pelo conteúdo criado para o site. Ao fazer o cadastro, opta-se por criar uma assinatura mensal para seus “pheeds” ou deixá-los gratuitos. Mesmo quem decide cobrar pelo conteúdo ainda pode criar conteúdo grátis, desmarcando a opção “copright this pheed” antes de publicar cada postagem.

Pheed postagemA Timeline do Pheed é muito parecida com a do Twitter (Foto: Reprodução)

Cada “pheeder”, como são chamados os integrantes da rede social, pode criar assinaturas mensais ou diárias, e cobrar de US$ 1,99  a US$ 34,99 ( entre R$ 3,98 e R$ 69,98). O pagamento pode ser feito através do Paypal ou de cartões de crédito somente em dólar. O dono do perfil receberá, ao final de cada mês, 50% do valor pago pelos assinantes, menos impostos.  Além de receber em dinheiro, o usuário ou empresa por trás do perfil também será dono de toda produção publicada no site.

Tem alguma dúvida de tecnologia? Entre no Fórum do TechTudo!

Por Igor Gomes

Fonte TechTudo Notícias

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: